quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Gênero Ficção/Fantasia e Literatura Brasileira PARA ADOLESCENTES!

Engraçado que estes dias passeando pelo skoob, uma rede social com temática literária, encontrei uma pessoa que gostava de fazer criticas bem duras contra os livros do gênero ficção/fantasia, e logo de cara me lembrei de um grande número de pessoas que passaram pela minha vida e discriminavam este gênero. Pessoas que usam argumentos como "sub-literatura", "não agrega nenhuma cultura aos leitores" e coisas do tipo, provavelmente nunca tiveram a graça de ler uma boa fábula quando criança e se encantarem com os personagens e envolvimento com a história e se tiveram, não devem se lembrar mais, no entanto além da beleza da fantasia em muitos livros fantásticos estão mascaradas críticas sociopolíticas. Este gênero tão fabuloso é rejeitado por uma multidão que ainda não largou o preconceito contra a magia que os livros fantásticos passam, de maior parte adultos, que precisam urgentemente reencontrar as crianças que tem dentro deles. Talvez devêssemos criar uma campanha do tipo "Adultos, leiam Harry Potter ou qualquer coisa do tipo!". É claro que a sempre exceções, conheço vários adultos que lêem literatura fantástica e a apreciam do devido modo, a esses eu só posso desejar os parabéns!
E agora, antes que qualquer pessoa resolva falar que fantasia não proporciona nenhuma cultura ou conhecimento, é porque realmente nunca deve ter parado pra pensar nas mensagens e críticas que este tipo de livro pode trazer, porque as mensagens não precisam ser jogadas direto na cara para ser virar conhecimento, os melhores sábios sempre falaram em parábolas!

Dando uma mudada do assunto anterior, vale sempre lembrar que o gênero tão apreciado pelos jovens do qual acabei de falar agora esta ganhando força entre os escritores brasileiros, e, leitores do Apologias, vocês não sabem o mar de coisas boas que da para se encontrar hoje em dia, só eu já estou com sete ótimos livros em mãos, todos nacionais e de meu maior gosto, acho que todos devíamos dar uma chance para esta literatura que está florescendo, porque a qualidade é exorbitante e talvez se muito da cultura se perdia nas traduções dos livros de fantasia, agora temos a história direto da fonte como foi escrita, sem tirar nem por! Falo isso também porque um dia quero ser escritor de literatura fantástica e se as portas não tiverem abertas e o público não der uma chance para ela provavelmente será um caminho mais difícil a se trilhar.

Foto tirada na feira do livro de Porto Alegre, sessão de autógrafos com três escritores de literatura fantástica brasileira (do fundo para a frente: Eduardo Spohr, Raphael Draccon e Leonel Caldela). Eu sou a pessoa mais a esquerda da foto, vestindo uma flanela bege/amarela/marrom.

Aqui vai a listagem de livros brasileiros que estou em mãos e que recomendo a todos que leiam:
A Batalha do Apocalipse - Eduardo Spohr
Dragões de Éter - Raphael Draccon (série com 3 livros)
Neerack, O segredo de Kalina - Allysson de Matos
Crônicas dos Senhores de Castelo, O Poder Verdadeiro - G. Brasman e G. Norris
Filhos de Galagah - Leandro Reis

Espero que busquem desfrutar desta literatura que é nossa.

---------------------------------

E aqui vai a música do post, dessa vez com uma ótima banda brasileira. Vital e sua moto - Os Paralamas do Sucesso [Herbert Vianna]

6 comentários:

  1. Gente, eu acabei de ler " A Batalha do Apocalipse" do Eduardo Spohr, é BRILHANTE! Uma obra e tanto!

    Os outros livros que vc indicou ainda não li,mas obrigada pela dica! ;)

    Gostei bastante do poste do blog, tá de parabéns!
    Já sou uma de suas seguidoras, e com certeza voltarei aqui mais vezes!

    Obrigada por ter ido lá no Deputamadre, te espero lá novamente hein! ;)

    Bjosss! ;***

    Kerlynha Maciel do Deputamadre
    http://kerlymaciel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nenhum desses mas pretendo ler "Dragões de Éter", todos dizem que é muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Ótima escolha Pedro, eu recomendo todos, mas Raphael Draccon escreve muito bem e de uma maneira muito envolvente e gostosa de ler.

    ResponderExcluir
  4. Selinho no meu blog, Livres & More, para vocês. ^^

    ResponderExcluir
  5. Só dando um toque... Você não está à esquerda da foto ao envez de à direita?

    ResponderExcluir
  6. Esse trio que você conheceu é fera, Murilo.

    O Spohr é um escritor de épicos, o Draccon é um poeta e o Caldela, bem, ele é um cara único. eheheh

    Fico feliz por vê-lo divulgando a literatura nacional com tanta paixão nas palavras.

    Espero que goste do Filhos de Galagah.
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir